domingo, 15 de setembro de 2013

Agora é tudo com a "SOMA PRODUTORA".

 
Aí está meus amigos!!!
A partir de agora, a SOMA PRODUTORA responde por todos os nossos contatos de shows, apresentações, divulgações, projetos, gravações e afins... Parceria firmada na intenção de divulgar ainda mais o trabalho que estamos desenvolvendo; além de agilizar a proximidade e atualizar as pessoas que gostam e acompanham o nosso trabalho. Felizes por encontrarmos nessa parceria, pessoas que acreditam na nossa filosofia de trabalho e que se comprometem a difundir ainda mais a nossa cultura além fronteiras.
Logo, logo, novos e-mails, telefones e os nomes das pessoas responsáveis para os contatos!
Agora, é tudo com a
- SOMA PRODUTORA -
 

sexta-feira, 14 de junho de 2013

TVE Nos Festivias

CONFIRA NESTE SÁBADO 15 de Junho as 12horas na NOSSA QUERIDA TV E - 23ª TAFONA DA CANÇÃO DE OSÓRIO - 2013
 
 



 

quarta-feira, 12 de junho de 2013

CARIJO DA CANÇÃO - PALMEIRA DAS MISSÕES - 2013

"O VELHO FAZEDOR DE RUGAS E CABELOS BRANCOS"
 
De: Carlos Omar Villela Gomes e Piero Ereno
 
No palco: Piero Ereno, Analise, Emerson Martins, Arison Martins, Diogo Mattos, Samuca do Acordeon e Edson Macuglia
 
Valeu meus queridos amigos e compadres!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
SEGUNDÃO NO CARIJO COM UM GOSTO MUITO ESPECIAL
 
 
 
Piero Ereno, Analise, Emerson Martins, Arison Martins, Diogo Mattos, Samuca do Acordeon e Edson Macuglia
 
 

domingo, 19 de maio de 2013

TAFONA 2013!Viva Osório!



Cidade dos Ventos: Tema Osoriense e Melhor na Opinião do Público
A 23ª Tafona da Canção aconteceu nos dias 17 e 18 de maio, na cidade de Osório e o resultado foi o seguinte:
Primeiro Lugar: Por Bailado e Chacarera
Autores: Rogerio Villagran/André Teixeira
Interpretação: Juliana Spanevello
Segundo Lugar: Un Chamamé Y Nada Más.
Autores: Diego Muller/Marcelinho Nunes
Interpretação: Juliano Moreno e Daniel Cavalheiro
Terceiro Lugar: Praieiro
Autores: Caio Martinez/Adriano Sperandir
Interpretação: Caio Martinez e Adriana Sperandir
Tema Osoriense: Cidade dos Ventos
Autores: Claudio Heinke/Chico Saga/Mario Tressoldi/Jean Kirchoff/Ita Cunha
Int: Jean Kirchoff, Lu Schiavo e Chão de Areia

Melhor Intérprete: Juliana Spanevello - Por Bailado e Chacarera
Melhor Música na Opinião do Público: Cidade dos Ventos
Autores: Claudio Heinke/Chico Saga/Mario Tressoldi/Jean Kirchoff/Ita Cunha
Int: Jean Kirchoff, Lu Schiavo e Chão de Areia

FONTE: http://rondadosfestivais.blogspot.com.br/2013/05/23-tafona-resultado.html
 
OBRIGADA TAMBÉM AOS COMPOSITORES TUNY BRUM E RODRIGO BAUER PELA COMPOSIÇÃO "NAVEGANDO"
Defendemos a obra com muita honra, no palco: Analise, Samuca do Acordeon, Cristian Sperandir, Adriano Sperandir, Cri Ramos e Sandro Bonato.
Valeu Galera!!! 
 
Navegando
 

quarta-feira, 8 de maio de 2013

- "VIDA E VERSO" - JÁ É REALIDADE!!!

       Meus queridos amigos, nesse fim de semana que se achega, mais precisamente no dia 11/05-Sábado, estaremos na querida cidade de Ijuí - RS, onde apresentaremos no TEATRO DO SESC, nosso primeiro show do Projeto "VIDA E VERSO - Toda canção tem uma história..."
       Um espetáculo que reúne poesia e canções em um único momento, com uma abordagem quase pedagógica acerca dos temas poéticos escolhidos e uma estrutura musical intimista, que, em seu objetivo, tenciona remeter a plateia para a sala dos amigos, onde tudo é natural, informal, sem deixar de ser poético, lírico e cultural.
       Todas as canções do repertório são composições de RÔMULO CHAVES defendidas por mim, Jean Kirchoff, nos palcos dos festivais nativistas do RS, todas direcionadas ao valor da vida e família, dialogando com os sentimentos e emoções, sem ver este cenário dissociado da realidade regional, de onde emerge a vertente cultural que transmuta os poemas, alçando melodias ao coração de quem as recebe.
       Com toda a certeza, neste sábado, realizaremos um grande sonho de chegar ao coração das pessoas com aquilo que mais acreditamos e gostamos de fazer, cantar o que é nosso, a nossa realidade e a nossa verdade, de uma forma simples e objetiva, entregando a todos os presentes o nosso mais sincero jeito de ser e ver as questões no nosso universo regional!
 
 
 É NESTE SÁBADO A PARTIR DAS 20HS: 
 - "VIDA E VERSO" -
NO TEATRO DO SESC EM IJUÍ - RS.
Músicos convidados:
Zulmar Benitez(Violões)
Edson Macuglia(Violões e baixo)
Douglas Mendes(Violino)
Produção Musical:
Jean Kirchoff
Produção Cultural:
Jussara Cristman
- SOMA PRODUTORA -
 
ESTÃO TODOS CONVIDADOS!!!
 

29º REPONTE DA CANÇÃO - SÃO LOURENÇO DO SUL - RS.

       Depois do Canto Campeiro de Viamão-RS; no final de semana que passou, estivemos na querida terrinha de SÃO LOURENÇO DO SUL-RS, no 29º REPONTE DA CANÇÃO! Um dos maiores festival do nosso RS; por lá, tive a honra de defender a composição "LEGADO", dos queridos Rômulo chaves e Robledo Martins; uma responsabilidade muito grande frente a todos os envolvidos nesta linda canção! Só tenho a agradecer pela confiança dos autores e também pelo profissionalismo e dedicação dos músicos que defenderam esta obra no palco, nos levando ao 1º LUGAR DO REPONTE EM SUA LINHA CAMPEIRA!
       Parabenizo, mais uma vez, ao grande canário Robledo Martins, pelo prêmio de MELHOR MELODIA do festival(Te cuida Piero Ereno... Eheheheheh!!!), pois, realmente, a obra é maravilhosa; além de uma letra fantástica do meu compadre Rômulo chaves, que me proporcionaram a oportunidade de estar no palco do REPONTE  e trazer pra casa o prêmio de MELHOR INTÉRPRETE DO FESTIVAL!
       Parabéns a SÃO LOURENÇO DO SUL pela acolhida de sempre, aos organizadores deste grandioso evento por toda infraestrutura oferecida, e aos artistas que por lá estiveram defendendo seus trabalhos, tanto na linha livre, bem como na campeira! Ano que vem serão 30 anos ininterruptos de REPONTE, esperamos voltar e festejar mais uma vez com nossos amigos,  com esse povo maravilhoso e sua paisagem exuberante! VALEU SÃO LOURENÇOOOO!!!


A BANDA:
Foto: Miza Limões
Eu, Robledo Martins, Mano Jr., Carlos de Césaro, Marcio Rosado e Zulmar Benitez
(Na estrada estavam, João Bosco Ayala e Neuro Jr.)
 
 
MELHOR INTÉRPRETE:
Foto: Miza Limões
Recebendo o prêmio de Melhor Intérprete do 29º REPONTE.
 
 
INTERPRETANDO: "LEGADO"
Foto: Vanessa Mibrath
Baita Momento!!!
 
 
DEPOIS DA PREMIAÇÃO:
Foto: Comadre Bruna
Com meu compadre, o poeta, Rômulo chaves!
 
 

ESTAMOS DE VOLTA... ANDANÇAS, FESTIVAIS, SHOW'S E MUITOS PROJETOS!!!

MEUS AMIGOS... ESTAMOS DE VOLTA E COM MUITAS NOVIDADES!

       Esse ano começamos nossas andanças pelos pagos da querida cidade de Viamão-RS, onde, mais uma vez, estivemos no 2º CANTO CAMPEIRO; um festival que vai se firmando no cenário pelo 2º ano consecutivo, na realização do grande artista e amigo, JOSÉ ESTIVALET e sua equipe; com um cunho campeiro em sua realização, tivemos a honra de entregar a toda comunidade presente, a obra: "SORVENDO CAMINHOS", uma composição já antiga, feita no ano de 2007, pelos meus queridos compadres Rômulo Chaves e Piero Ereno; por lá, registramos este trabalho que temos tanto carinho! Agradeço aos meus queridos colegas e amigos, Mário Tressoldi, Chico Saga, Guilherme Goulart e Zulmar Benitez, pela honra que me deram ao defenderem comigo esta canção no CANTO CAMPEIRO!!! 
       Parabenizo a organização deste evento pela sua autenticidade e, principalmente, pela força de vontade em realizar mais um evento desta natureza no cenário dos festivais do nosso RS, afinal, é mais um palco sagrado para que possamos difundir nossa cultura regional!

VIDA LONGA AO CANTO CAMPEIRO DE VIAMÃO!
 
 
 
PARABÉNS!!!
 

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

ATUALIZANDO!

A TRIBUNA REGIONAL
 
SANTO ÂNGELO
 
NOTÍCIAS
 
Santo Ângelo, 16 de Janeiro de 2013
 


Analise Severo: Ficou entre as 3 que empataram no quesito melhor intérprete feminina


Produtor cultural do Canto Missioneiro, Jairo Reis lista os melhores de 2012 nos festivais do RS e SC

O jornalista, radialista e produtor cultural, Jairo Reis, que entre outras atividades da área é um dos produtores do Canto Missioneiro da Música Nativa, realizou uma seleção dos melhores de 2012 nos festivais gaúchos e catarinenses.
Para a seleção, Jairo considerou todos os festivais de cunho nativista, sendo 45 de música e sete de poesia realizados no Rio Grande do Sul e ainda dois festivais de música realizados em Santa Catarina - 20ª Sapecada da Canção e 6ª Ronda da Canção de Lajes.
Para realizar a seleção Jairo considerou diversos critérios. Não integram esta estatística os festivais ditos "de barranca", que adotam o critério de definição de um tema sobre o qual os participantes devem criar suas obras e apresentá-las no dia seguinte. Também não foram considerados os festivais apenas de interpretação e os "fechados" para convidados, ou ainda aqueles que fogem dos padrões citados anteriormente.
Novamente o critério para definição dos destaques foi a cumulatividade, ou seja, a soma dos prêmios conquistados em cada modalidade. As categorias ou modalidades foram definidas pelo autor do levantamento, Jairo Reis, num formato de fácil compreensão.

          Na modalidade autores com mais vitórias, os melhores com três premiações, são : Cristian Camargo (11º Acampamento, 20ª Sapecada, 1ª Semente), Rômulo Chaves (23º Grito do Nativismo, 5º Canto Missioneiro, Coxilha Negra - Popular) e Tuny Brum (28º Reponte -Livre, 2º Vozes do Jacuí, 6º Gruta em Canto).
Entre os autores com mais troféus de música mais popular o compositor Rafael Ferreira lidera com 3 prêmios, conquistados no 8º Cante Uma Canção em Vacaria, 1º Canto Campeiro e 22ª Vigília.
Entre os autores com mais premiações alusivas a temas em geral, novamente o compositor Rafael Ferreira lidera com 3 troféus (1º Canto Campeiro, 22ª Vigília, 10ª Sentinela).
INTÉRPRETE
Na modalidade de melhor interprete masculino, o cantor com maior número de premiações é Jean Kirchoff
, com 9 troféus conquistados nos festivais: 4º Cesar Passarinho, 8º Cante Uma Canção em Vacaria, 2º Coruja, 2º vozes do Jacuí, Coxilha Negra, 22ª Guyanuba, 10ª Sentinela, 19ª Estância, 27º Ponche Verde.
Na categoria melhor intérprete feminina, três cantoras empataram na liderança com uma conquista cada uma. Coincidentemente seus nomes iniciam com a letra A: Alana Moraes (5º Canto Missioneiro); Adriana Sperandir (26ª Moenda); Analise Severo (20ª Tertúlia).
No quesito intérprete com mais primeiros lugares, ou seja, aquele que por sua interpretação levou a música ao prêmio máximo do festival, lidera mais uma vez Jean Kirchoff com 7 premiações: 2º Coruja, 2º Vozes do Jacuí, Coxilha Negra 2012, 19ª Estância, 6º Gruta em Canto, 20º Tertúlia, 2º Moinho.
Na categoria melhor instrumentista, o violinista Douglas Mendes e o acordeonista Mano Junior, empataram na liderança com 4 troféus cada um. Douglas foi premiado no 5º Canto Missioneiro, 22ª Guyanuba, 9º Canto dos Ervais, 18ª Seara. Mano Junior por sua vez levou a premiação 8º Cante Uma Canção em Vacaria, 4º Levante, 4º Expocanto e 6º Seiva da Terra.
No quesito melhor letra/poesia destacaram-se com 3 premiações os poetas: Rafael Ferreira (8º Baqueria de Los Piñares, 4º Canto Farroupilha, 10ª Sentinela); Zeca Alves (4º Levante, 32ª Coxilha, 9º Canto dos Ervais).
Entre os compositores que levaram o prêmio de melhor melodia, o destaque é: Tuny Brum com 3 troféus conquistados nos festivais 27º Ronda de São Pedro, 6º Gruta em Canto e 27º Ponche Verde.
FESTIVAIS DE POESIA
No que tange aos festivais de poesia, cabe informar que os critérios levaram em conta as modalidades normalmente utilizadas: Poesia, Interpretação, Amadrinhamento. Nos 7 festivais realizados em 2012, os destaques foram os seguintes:
O poeta com maior número de vitórias é Carlos Omar Villela Gomes, cujos 3 primeiros lugares foram obtidos na 1ª Invernada da Poesia, no 1º Sinos do Verso Gaúcho no 14º Pealo da Poesia.
Na modalidade de melhor intérprete/declamador igualmente ficaram empatados com 1 premiação cada um, os declamadores: Liliana Cardoso (17ª Sesmaria), Neiton Peruffo (14º Pealo), Pedro Junior da Fontoura (10º Bivaque), Priscila Campeol (1º Sinos do Verso), Vinicius Nardi (1ª Invernada), Zeca Pereira (5º Querência).
No elenco dos intérpretes que defenderam o maior número de poemas vencedores, quem lidera é Pedro Junior da Fontoura com 3 premiações, alcançadas na 5ª Querência, 10º Bivaque e 1º Seleta do Verso.
No quesito melhor amadrinhador, empate com 1 premiação para 14 instrumentistas: Fabio Soares, André Vieira e Cristiano Klein (5º Querência); Luciano Salerno e João Batista (1ª Invernada); Cristian Camargo e Ricardo Comasseto (10º Bivaque); Geraldo Trindade (14º Pealo); Dênis Magalhaes, Robson Paines e Fernando Aguiar (1º Sinos Do Verso); Henrique Arboite, Pedro Luiz Lemos e Fabrício Vargas (17ª Sesmaria).
A melhor música instrumental: em 2012, foi premiada apenas na 26ª Moenda da Canção. Naquele festival, destacou-se o autor da música " Nas Asas de Luiz Gonzaga", Henri Lentino que levou também o prêmio de melhor instrumentista.


FONTE: http://atribunars.com.br/index.php?origem=noticia&id=28777
QUERIDOS AMIGOS E AMIGAS
 
Depois de longos dias de ausência, consegui sentar em frente ao pc pra atualizar um pouco as postagens.
 
Só temos que agradecer a Deus e a todos que torcem por nosso trabalho, pois o ano de 2012 foi maravilhoso, coroado ao final, com dois grandes festivais a Tertúlia de Santa Maria e o Moinho de Panambi.
 
Na sequência as premiações desses dois eventos.
 
GRACIAS A TODOS!
 

 

A composição Grão após grão com letra de Carlos Omar Vilella Gomes, música de Piero Ereno, interpretada por Jean Kirchoff, foi a grande campeã da noite de domingo no encerramento da vigésima edição da Tertúlia Musical Nativista de Santa Maria. A música foi premiada em primeiro lugar com o troféu Minuano. Além disso, Grão após grão recebeu o troféu Antônio Carlos Machado de Melhor Letra do festival.
A Tertúlia Nativista foi aberta na sexta-feira no Centro Desportivo Municipal. Vinte composições concorreram à premiação, mas somente 14 foram classificadas para a grande final. Durante os três dias de festival, muitos nomes consagrados da música nativista subiram ao palco do CDM. O domingo foi marcado pela apresentação de Os Fagundes. Neto, Bagre, Ernesto Fagundes e companhia cantaram os maiores sucessos da família e fizeram o público acompanhar canções como “No coração do Rio Grande” e “Canto alegretense”, além de entoarem poemas nativistas e declararem amor a Santa Maria. Aplaudidos em pé pelo público presente, o grupo se despediu com o Hino Rio-grandense.
 
 

 

Conheça os vencedores da XX Tertúlia Musical Nativista

Cerca de mil pessoas estiveram no Centro Desportivo Municipal, em Santa Maria, ontem à noite para prestigiar a última noite da Tertúlia Musical Nativista. Após dois dias de disputas, foram selecionadas 14 finalistas. A grande vencedora foi a música “Grão após grão”, com letra de Carlos Omar Vilella Gomes, música de Piero Ereno, interpretada por Jean Kirchoff.



Ainda foram premiados:
2º lugar: "Gare"
Letra: Silvio Genro
Música: Tuny Brum
Intérprete: Chico Saratt

3º lugar: "Os Três Estados da Milonga"
Letra: João Stimamillo
Música: Miguel Tejera
Intérprete: Pirisca Grecco

Música Mais Popular e Melhor Tema Sobre Santa Maria: "Voltando Pra Casa"
Letra: Sabani Felipe de Souza/Leandro Ribeiro
Música: Marcelinho Carvalho
Intérprete: Dartagnan Portella

Melhor Instrumentista: Guilherme Goulart

Melhor Intérprete: Analise Severo na música "Guaíra"




 
 
 

MAIS FOTOS:
Que orgulho, ao lado de Pirisca Grecco e Texo Cabral
 
 
 
 Com Oristela Alves, que honra!!!


 

 
O sucesso do 2º Moinho da Canção Gaúcha

1º lugar: Jean Kirchoff, com “Cancelas e corredores” (letra: Ivo Bairros de Brum; música: Jair Oliveira de Medeiros)


Melhor letra: Ivo Bairros de Brum, com “Cancelas e corredores”
Melhor melodia: Jair Medeiros, com “Cancelas e corredores”
Janeiro/2013

Mais uma vez, sucesso absoluto. Em sua segunda edição, o Moinho da Canção Gaúcha de Panambi levou novamente um grande público ao Centro de Eventos do Parque Municipal Rudolfo Arno Goldhardt, na noite de 8 de dezembro. E, além do público que lotou o ambiente, um grande número de pessoas acompanhou a programação em um telão disponibilizado fora do salão. A cada apresentação, a vibração de todos era intensa, e ficou ainda maior com o empolgante show de intervalo feito pelo renomado artista missioneiro Pedro Ortaça juntamente com sua família.

Organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Smec), o evento, com entrada gratuita, teve financiamento da Secretaria Estadual da Cultura – pela lei Pró-Cultura/RS –, realização do Ministério da Cultura e apoio da D. Marin Planejamento Cultural e Danna Comunicação Integrada. De acordo com a comissão organizadora, foram 470 músicas inscritas na categoria geral e 20 na categoria local. Destas 490, 18 canções – sendo 14 da geral e quatro da local – foram classificadas e então apresentadas no dia do evento, para concorrer aos prêmios. A triagem – escolha, pelos jurados, das músicas inscritas que se classificam à fase final – foi feita nos dias 19 e 20 de novembro.

 

JURADOS: Zulmar Benites, Tuny Brum, Silvio Genro, Miguel Marques e Gabriael Moraes

Os jurados foram Gabriel Moraes, natural de Cruz Alta, produtor e apresentador de programas de rádio e televisão, voltados especialmente à projeção da cultura nativista gaúcha; Miguel Marques, natural de Santiago, cantor nativista e um dos mais premiados intérpretes do RS, com 17 discos lançados; Silvio Aymone Genro, natural de Uruguaiana, poeta, compositor, escritor e artista plástico; Tuny Brum, músico, compositor e intérprete, vencedor de diversos festivais de música do Estado; e Zulmar Benitez, natural de São Sepé, músico, compositor, arranjador e produtor musical, com aproximadamente 300 músicas de sua autoria. De acordo com a Smec, o CD com as músicas desta segunda edição será lançado no dia 24 de fevereiro, com show de Renato Borghetti e entrada franca, durante a programação de aniversário do município, e o 3º Moinho já está marcado para o dia 7 de dezembro de 2013, também um sábado.



Resultado final do 2º Moinho da Canção Gaúcha de Panambi
Categoria geral


1º lugar (R$ 2.500,00): Jean Kirchoff, com “Cancelas e corredores” (letra: Ivo Bairros de Brum; música: Jair Oliveira de Medeiros)
2º lugar (R$ 2.000,00): Nilton Ferreira, com “Miséria” (letra: Carlos Omar Villela Gomes; música: Nilton Ferreira)
3º lugar (R$ 1.500,00): Nenito Sarturi e Leonardo Sarturi, com “Roda moinho” (letra: Nenito Sarturi; música: Leonardo Sarturi)

Melhor intérprete (R$ 500,00): Nilton Ferreira, com “Miséria”
Melhor letra (R$ 500,00): Ivo Bairros de Brum, com “Cancelas e corredores”
Melhor melodia (R$ 500,00): Jair Medeiros, com “Cancelas e corredores”
Melhor instrumentista (R$ 500,00): Alan Portela, com a música “De remos e rumos”
Música mais popular (R$ 700,00): “Bravo imigrante”, interpretada por Léo Almeida


Elenir Wink Coordenadora e Presidente do Moinho da Canção de Panambi


Categoria local1º lugar (R$ 600,00): Léo Almeida, com “Bravo imigrante” (letra: Vitor Fiorante Bertei; música: Luís Felipe da Rosa)
2º lugar (R$ 400,00): Leonardo Diaz Morales, com “Gaúchos de coração” (letra: Vinícius Gabbe; música: João Paulo Deckert)
3º lugar (R$ 300,00): José Ricardo Maciel Nerling e Murilo Andrade, com “Um tempo” (letra e música: José Ricardo Maciel Nerling)
4º lugar (R$ 150,00): Cláudia Junges Schirmer, com “Pra cantar na primavera”(letra: Luiz Carlos “Shaka” Guerreiro; música: Pedro Carvalho Júnior)

 


Rômulo Chaves Declamando na abertura do evento.

Canção de abertura do evento


Homenagem que recebemos dessa equipe maravilhosa, competente, de mulheres amáveis e guerreiras , lideradas por Elenir Wink - Momento Inesquecível.
 
 

 
 FOTOS DO MOINHO DA CANÇÃO: Revista Top www.toprevista.com.br

20 Tertúlia Nativista de Santa Maria - Grão após grão - 1º Lugar


quarta-feira, 28 de novembro de 2012

NOVA ESPERANÇA 2012


"Liberdade para o Rio", na voz de Jean Kirchoff, é a vencedora do 6º Gruta em Canto

 

A composição Liberdade para o Rio, com letra de Flávio Saldanha e música de Tuny Brum, interpretada por Jean Kirchoff foi a grande vencedora da 6ª edição do Festival Gruta em Canto de Nova Esperança do Sul. A canção representou as cidades de Uruguaiana e Santa Maria. Além do primeiro lugar, a música foi eleita nas categorias Melhor Arranjo e Melhor Melodia.
 



Fonte:http://www.rafaelnemitz.com/2012/11/liberdade-para-o-rio-na-voz-de-jean.html
 
 

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

ANDANÇAS PELO RIO GRANDE...

Amigos, apesar da correria registramos a seguir, alguns momentos das várias andanças dos últimos dias. Estivemos em várias cidades neste último final de semana(15, 16, 17 e 18), dentre elas: Carazinho (Seara), Espumoso (Cooperativismo) e Dom Pedrito (Ponche Verde).
 
OBRIGADA A TODOS QUE TORCEM POR NOSSO TRABALHO!
E VAMOS LÁ PRA O PRÓXIMO EVENTO...EM BREVE MAIS NOVIDADES!
 
 
Na 27ª Edição do Ponche Verde da Canção de Dom Pedrito 2012.
MELHOR INTÉRPRETE!
Por lá, Jean defendeu mais dois trabalhos, chegando ao prêmio!
 
O RESULTADO COMPLETO DA PREMIAÇÃO DO PONCHE VERDE  CONFIRA NO BLOGUE:  http://poncheverdedp.blogspot.com.br/
 
 

CARAZINHO 2012 - SEARA DA CANÇÃO

Estivemos em Carazinho na quinta e sábado e por lá defendemos duas canções.
Obrigada a todos colegas e amigos envolvidos nos lindos trabalhos!
Pra todos um grande abraço fraterno! 

18ª Seara da Canção Gaúcha, aconteceu de 17 a 19 de novembro na cidade de Carazinho e o resultado foi o seguinte:

 1º Lugar: EM OUTRA VIDA QUEM SABE

L: Dilamar Costenaro

M: Miguel Marques

I: Miguel Marques


2º Lugar: NA PORTA DO RANCHERIO

L: Gujo Teixeira

M: Luciano Maia

I: Angelo Franco
 
3º Lugar: SOU BEIJA-FLOR

L: Máximo Fortes
M: Luciano Rodrigues/
Jean Kirchoff                                    

I: Analise Severo






 

 
Grupo que defendeu "Sou Beija-Flor": Luciano Rodrigues, Emerson Martins, Germano Reis, Luizinho Corrêa, Arison Martins e Douglas Mendes
 

Melhor Intérprete: MIGUE MARQUES (Em Outra Vida Quem Sabe)

Melhor Instrumentista: DOUGLAS MENDES ( Sou Beija Flor)

Melhor Letra: Lua Branca, Note Escura ( Adriano Alves/Edilberto Bérgamo

Melhor Melodia: Sou Beija Flor (Maximo Fortes/Luciano Rodrigues/Jean Kirchoff)

Conjunto Instrumental: Na Porta do Rancherio(Gujo Teixeira/Luciano Maia)  

Mais Popular: EM VERSOS DE RECOLHIDA

L/M: Decio Neuls

I: Henrique Fernandes

Tema Social: MARIAS GAÚCHAS

L:Telmo Vasconcellos

M:Eduardo Monteiro

I: Adriana Sperandir

Arranjo Vocal: CIRANDO DO TEMPO

L/M: Darci Vieira

I: José Ricardo Nerling
 

O RIO GRANDE CANTA O COOPERATIVISMO - 6ª EDIÇÃO - 2012


A 6ª Edição do Festival O Rio Grande Canta o Cooperativismo realizou sua etapa final na noite de sexta-feira, 16 de novembro, no pavilhão da Afuco – Associação dos Funcionários da Cotriel, na cidade de Espumoso.

Uma particularidade desta edição foi a premiação de todas 12 músicas finalistas, não havendo premiações paralelas.

Outra detalhe importantíssimo foi o fato de que o público e a imprensa presentes é que definiram a música vencedora, através de votação em cédulas distribuídas durante o evento.
 
(Fonte: Jairo Reis http://rondadosfestivais.blogspot.com.br/)


 A FORÇA QUE TEM A VIDA (5° Lugar)
Letra: Rômulo Chaves
Melodia: Robledo Martins / Douglas Mendes
Interpretação: Analise Severo e Jean Kirchoff


Carlos De Césaro, Mano Júnior, Jean, Ana, Robledo Martins, Gil Soares e Douglas Mendes
|MOMENTO INESQUECÍVEL AO LADO DE GRANDES PROFISSIONAIS.




CONGREGACÃO AGRÁRIA (4º Lugar)

Letra: Vaine Darde

Melodia: Adriana Sperandir

Interpretação: Analise Severo

 Ana com Adriana e Adriano Sperandir, colegas e amigos que admiramos demais


sábado, 10 de novembro de 2012

Notícia do 6º Festival O RIO GRANDE CANTA O COOPERATIVISMO 2012


 

Final do festival dia 16 de novembro de 2012, na cidade de Espumoso/RS, Associação dos Funcionários da Cotriel  Avenida João Bertani s/nº

 

MÚSICAS EM ORDEM
DE APRESENTAÇÃO
HORÁRIO PARA PASSAGEM
DE SOM
ALÉM DOS SONHOS
11:00hs às 11:20hs
COMO PANDORGA NO AR
11:25hs às 11:45hs
O SOM DA COOPERAÇÃO
11:50hs às 12:10hs
CONGREGAÇÃO AGRÁRIA
12:15hs às 12:35hs
A FORÇA QUE BROTA DO CHÃO
12:40hs às 13:00hs
O ANO DAS COOPERATIVAS
13:05hs às 13:25hs
PARÁBOLA COOPERATIVA
13:30hs às 13:50hs
COOPERATIVA DA ESPORA
13:55hs às 14:15hs
A FORÇA QUE TEM A VIDA
14:20hs às 14:40hs
AO ALCANCE DA MÃO
14:45hs às 15:05hs
O MUNDO QUE EU VI
15:10hs às 15:30hs
UM SONHO MAIOR
15:35hs às 15:55hs

 

ü  A ordem das músicas acima é a mesma de apresentação na noite, a partir

das 20:30hs.

 

ü  No local haverá estrutura de camarim, para os artistas a partir das 11hs.

 

ü  Solicitamos às bandas que respeitem o Regulamento do Festival, onde:

 

Art. 26º: Caso haja descumprimento de horário na passagem de som ou na apresentação em palco, serão descontados 50% do valor referente a direitos autorais.

 

Art. 27º: Não será permitido o uso em palco de propaganda política e/ou comercial de qualquer natureza, sendo motivo para desclassificação e perda dos valores relativos aos direitos autorais.